Voltar
16/04/2019| Primeiro transplante de sangue do cordão umbilical foi há 30 anos. Médica responsável está em Portugal pela 1.ª vez

 



 

O primeiro transplante de sangue do cordão umbilical realizou-se há 30 anos. O norte-americano Matthew Farrow tinha cinco anos e anemia de fanconi. Recebeu o primeiro transplante da sua irmã recém-nascida, com quem era compatível. Atualmente, foram já realizados mais de 40 mil transplantes com células do sangue do cordão umbilical criopreservadas em todo o mundo, e com resultados comprovados no tratamento de mais de 80 doenças.
O transplante foi realizado em França, através de uma colaboração transatlântica. A equipa de especialistas decidiu testar a utilização destas células, até então consideradas sem utilidade. Atualmente com 36 anos, Matthew é um adulto saudável, com uma vida ativa.
Da equipa multidisciplinar responsável pelo transplante, fez parte a Prof.ª Doutora Joanne Kurtzberg, conceituada hematologista e pediatra, que estará em Portugal, pela primeira vez, no próximo dia 13 de abril. A especialista vai apresentar um simpósio, integrado na Reunião da Primavera da Sociedade Portuguesa de Obstetrícia e Medicina Materno-Fetal (SPOMMF), sobre evolução da transplantação do sangue do cordão umbilical e a eficácia demonstrada pelas células do sangue do cordão umbilical no tratamento de doenças do foro sanguíneo, bem como em aplicações inovadoras em crianças com paralisia cerebral e doenças do espectro do autismo, as suas áreas de especialidade, tendo já várias crianças portuguesas integrado este estudo.
Após o sucesso deste primeiro transplante, outros investigadores ampliaram este trabalho, ao tratarem outros irmãos (HLA) compatíveis usando sangue do cordão, geralmente para o tratamento de leucemias. O sangue do cordão demonstrou que não só funcionava, como apresentava vantagens relativamente à transplantação com medula óssea.
Atualmente, são partilhadas novas tecnologias e conhecimento, permitindo que milhares de pessoas em todo o mundo tenham acesso a terapias inovadoras que permitem o tratamento de diversas doenças com recurso ao sangue e tecido do cordão umbilical.
http://www.newsfarma.pt/noticias/7810-primeiro-transplante-ao-sangue-do-cord%C3%A3o-umbilical-foi-h%C3%A1-30-anos-m%C3%A9dica-respons%C3%A1vel-est%C3%A1-em-portugal-pela-1-%C2%AA-vez.html

 

Fonte texto e imagem: News Farma

Voltar