Hidratação da pele – Cuidados Gerais

A pele é o primeiro ponto de contacto entre o mundo físico e as pessoas em nosso redor, protegendo-nos ainda de agressores externos ao cobrir todos os tecidos do corpo humano. É também através da saúde da pele e do seu grau de hidratação que se evidenciam noções tão importantes como a de bem-estar e auto-estima.

Funções da pele

A pele é primeira barreira semipermeável com o mundo exterior. Mantém o equilíbrio de todas as trocas necessárias entre os meios interno e externo, como adequar a regulação da temperatura corporal aquando da transpiração ou até mesmo a manutenção do corpo a uma temperatura constante (média de 37º), independentemente da temperatura ambiente.

A proteção contra agentes potencialmente agressivos presentes no meio ambiente, como os microrganismos facilmente encontrados no ar, água, substâncias químicas e agentes físicos que possam ser nocivos para o interior do organismo, é igualmente uma das funções da pele.

Voltar ao início

Hidratação

Por se encontrar permanentemente exposta ao desgaste - próprio do contacto com o mundo exterior - torna-se imprescindível a hidratação da pele para que esta se mantenha saudável e para que as suas funções (atrás descritas) continuem a ser desempenhadas de forma plena e saudável.

Os hábitos diários de higiene, comuns na atualidade, tornam a pele mais seca,evidenciando-se uma maior necessidade de hidratação. O momento do banho que, ao ser realizado diariamente (e às vezes até mais do que uma vez por dia), leva à remoção de uma camada de gordura natural (facilitando a ação dos agressores externos), deixa-a mais suscetível a esses microrganismos.

No caso dos desportistas que, pela sua natural condição e desgaste físico necessitam de realizar um número superior de banhos diários, torna-se extremamente importante a reposição da hidratação da pele, um hábito que não está tão enraizado como deveria. Autilização de cremes como o caso de Barral Leite Hidratante, que não só hidrata em profundidade a pele de todo o corpo como aumenta a sua elasticidade, torna-se um forte aliado na manutenção das funções primordiais da pele. A utilização de cremes gordos também é recomendada, já que além de protegerem e suavizarem a barreira cutânea,reconstituem a capacidade de regeneração e retenção de água na pele, repondo o manto ácido da mesma e a camada de gordura.

Voltar ao início

Consequências sazonais da desidratação da pele

Tanto no Inverno como no Verão, a pele tende a manifestar-se aquando de agressões próprias destas estações do ano, agravadas pela deficiente hidratação da pele.

No tempo mais frio, a pele tende a tornar-se mais seca e descamativa, mais suscetível a eczemas que costumam provocar secura, comichão, vermelhidão e inflamação, nas zonas mais frequentemente expostas ao frio e ao vento como é o caso das mãos e do rosto. No caso das mãos, mais uma vez, a hidratação torna-se imprescindível, sendo o Barral DermaProtect creme de mãos reparador um forte aliado na suavização da derme.

No caso de pessoas com idade mais avançada, as partes do corpo mais vulneráveis ao surgimento de eczemas são as pernas. Já nas crianças, a face e as mãos, sobretudo se houver um contacto muito frequente com água fria costumam ser as zonas do corpo mais afetadas.

Outro motivo de queixa muito comum é a hiperqueratose, que se caracteriza por um aumento da espessura da camada córnea da pele. Ao espessar, a pele fica de tal forma seca que costuma gretar e abrir fissuras gerando um processo muito incómodo e até doloroso. As zonas mais afetadas são os cotovelos, os joelhos e os calcanhares. A hiperqueratose geralmente resulta de um mecanismo de defesa e compensação, por se situar zonas de apoio, sujeitas a traumatismo sistemático.

De modo geral, estas situações podem ser prevenidas com o adequado uso de cremes próprios para estas zonas do corpo, como Barral DermaProtect Creme de Pés Reparador, criado especificamente para reparar essas gretas e fissuras e também para combater o mau odor.

No entanto, no Verão existe também um conjunto de cuidados a ter, dado que fatores como o sol, a água salgada, o cloro das piscinas e até mesmo o ar quente tornam a média de banhos superior à do Inverno, até porque transpiramos mais nesta época e, consequentemente, tornamos a pele mais suscetível à desidratação.

Voltar ao início

Cuidados a ter

Para que a pele se mantenha sã, é importante que se faça um diagnóstico de pele, de modo a perceber a sua tipologia (seca, normal, oleosa ou sensível). Este reconhecimento não só permite que se conheça melhor as necessidades da derme, como ainda os produtos e cremes mais adequando à sua tipologia para uma adequada higiene regular.

De um modo geral, devem ser evitados banhos com água muito quente (nomeadamente no Inverno), dado que as altas temperaturas provocam a secura da pele e uma necessidade ainda maior de posterior hidratação.

O uso de produtos perfumados pode tornar-se pouco aconselhável, dado que alguns podem ser agressivos e nem sempre são bem tolerados pelos diferentes tipos de pele. Por precaução recomenda-se que sejam usados mediante a realização de um teste aplicando o produto numa pequena área de pele antes de ser usado normalmente.

Voltar ao início